Página principal

Universidade do Estado de Santa Catarina – udesc centro de Ciências Humanas e da Educação – faed departamento de Geografia


Descargar 51.6 Kb.
Fecha de conversión18.07.2016
Tamaño51.6 Kb.


Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC

Centro de Ciências Humanas e da Educação – FAED

Departamento de Geografia



PLANO DE ENSINO



DEPARTAMENTO:


Geografia

ANO/SEMESTRE:

2012/1

CURSO:


Geografia

FASE:



DISCIPLINA:

Geopolítica

TURNO:

Noturno

CARGA HORÁRIA:

60

CRÉDITOS:

4

PROFESSOR:

Gabriel Bertimes Di Bernardi Lopes gabrieldibernardi@hotmail.com



1 EMENTA

Geografia Política e Geopolítica: processo histórico, conceitos e relação. Território: formação, fronteiras, recursos naturais e humanos. Estado: modos de produção e sociedade de classes, estrutura(s) política(s). Hegemonia. Estado Nacional: formação da identidade nacional e da nação. Poder Político: centralização e descentralização, divisão social e territorial do trabalho, relação centro-periferia, colonialismo e imperialismo. Geografia Política e Geopolítica brasileira



2 HORÁRIO DAS AULAS


DIA DA SEMANA

HORÁRIO

CRÉDITOS

Terça-Feira




18:10 - 19:50

2

Sexta-Feira




20:50 - 22:30

2

3 OBJETIVOS



3.1 OBJETIVO GERAL


Analisar as transformações no sistema político e econômico mundial (Séc. XIX – XXI), a partir da literatura teórica de Geopolítica e Geografia Política.



3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS


- Compreender o processo histórico de formação dos territórios e fronteiras, e sua relação com o controle dos recursos naturais.

- Conhecer a relação centro- periferia e a atual divisão social e territorial do trabalho.




4 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO




UNIDADE I Geopolítica e Geografia Política


    1. Conceitos fundamentais.




    1. Processo histórico de formação das fronteiras e territórios




    1. Os recursos naturais e humanos











UNIDADE II Hegemonia. Estado Nacional
2.1 Formação da identidade nacional
2.2 Questões de soberania nacional
UNIDADE III Poder Político
3.1 Centralização e descentralização
3.2 Divisão social e territorial do trabalho, e as relações centro-periferia
3.3 Colonialismo e imperialismo




5 METODOLOGIA


Processo de ensino-aprendizagem pautado em aulas expositivas-dialogadas, seminários, estudos de casos, leitura obrigatória de textos, pesquisas individuais, mostra de filmes, utilização de recursos estatísticos e cartográficos, e uso de livros e periódicos, e saída de campo.



6 AVALIAÇÃO




6 CRONOGRAMA DAS AULAS




MÊS

UNIDADES

Fevereiro/Março

Unidade I

Abril

Unidade II

Maio/Junho

Unidade III

7AVALIAÇÂO


ATIVIDADE

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

PESO

Seminário

Apresentação de texto e capacidade de argumentação

1,0

Saída de campo

Participação, interesse e elaboração de relatório

1,0

Prova escrita

Apropriação de conhecimentos

1,0



8 BIBLIOGRAFIA






8.1 BÁSICA
ARRIGHI, Giovanni. O longo século XX: dinheiro, poder e as origens do nosso tempo. Rio de Janeiro: Contraponto; São paulo: Ed. UNESP, 1996.
BACKHEUSER, Everardo. A nova concepção da Geografia. RBG. Rio de Janeiro: IBGE, 1926.

______. Geopolítica e Geografia Política. RBG. IV, n. 1. Rio de Janeiro: IBGE, 1942.


BARBER, Benjamin R. O império do medo: guerra, terrorismo e democracia. Rio de Janeiro: Record, 2005.
BATISTA JÚNIOR, Paulo Nogueira. O Brasil e a economia internacional: recuperação e defesa da autonomia nacional. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.
CARNOY, Martin. Estado e teoria política. Campinas, SP: Papirus, 1990.
CASTRO, Iná Elia de. Geografia e Política. São Paulo: Bertrand Brasil, 2010.
CHANG, Há-Joon. Maus samaritanos: o mito do livre-comércio e a história secreta do capitalismo. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.
CHOSSUDOVSKY, Michel. A globalização da pobreza: impactos das reformas do FMI e do Banco Mundial. 1 ed. São Paulo: Moderna, 1999.
DAGNINO, Renato. A indústria de defesa no Governo Lula. 1 ed. São Paulo: Expressão Popular, 2010.
DEMANT, Peter.O mundo muçulmano.São Paulo: Contexto, 2008.
ENGELS, F. Do socialismo utópico ao socialismo científico. São Paulo: Global, 1986.
FERNANDES, Florestan. Da guerrilha ao socialismo: a Revolução Cubana. 1 ed. São Paulo: Expressão Popular, 2007.
FILHO, Daniel Aarão Reis. As revoluções russas e o socialismo soviético. São Paulo: Ed. UNESP, 2003 (Coleção Revoluções do Século 20).
GALBRAITH, John Kenneth. Galbraith essencial: os principais ensaios de John Kenneth Galbraith. São Paulo: Futura, 2007.
GRAMSCI, Antonio. Escritos Políticos. v. 1 e 2. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004.
HIATT, Steven (org.). O velho jogo do imperialismo: o mundo secreto dos assassinos econômicos e a rede global de corrupção. São Paulo: Cultrix, 2008.
HO CHI MINH. A resistência do Vietnan (Textos políticos – 1922-1967). Rio de Janeiro: Laemmert, 1968.
HOBSBAWM, Eric J. Nações e nacionalismo desde 1780: programa, mito e realidade. São Paulo: Paz e Terra, 2004.
JABBOUR, Elias. China: desenvolvimento e socialismo de mercado. Cadernos Geográficos. n. 14. Florianópolis-SC: Depto de Geociências/CFH/UFSC, 2006.

LÊNIN, V. I. O Estado e a revolução. São Paulo: Hucitec, 1986.


______. O imperialismo: fase superior do capitalismo. São Paulo: Centauro, 2000.
______. Esquerdismo, doença infantil do comunismo. São Paulo: Anita Garibaldi, 2004.
LOSURDO, Domenico. A linguagem do império: léxico da ideologia estadunidense. São Paulo: Bomtempo, 2010.
______. Liberalismo. Entre civilização e barbárie. São Paulo: Anita Garibaldi, 2006.
MAMIGONIAN. Armen. Geopolítica contemporânea e blocos regionais. XIX Semana de Geografia da Universidade Estadual de Londrina. Londrina : Universidade Estadual de Londrina, 2003.
______. Neoliberalismo versus Projeto Nacional no Mundo e no Brasil. XII Encontro Nacional de Geógrafos. Florianópolis-SC. Anais do XII Encontro Nacional de Geógrafos. Florianópolis: AGB, 2000.
MARX, Karl. A ideologia alemã. São Paulo: Moraes, 1984.
______. O Capital. Rio de Janeiro: Difel, 1988
PEREIRA, João Márcio Mendes. O Banco Mundial como ator político, intelectual e financeiro (1944-2008). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.
PERKINS, John. A história secreta do império americano: assassinos econômicos, chacais e a verdade sobre a corrupção global. São Paulo: Cultrix, 2008.
RANGEL, Ignácio. Obras reunidas. v. 1 e 2. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005.
STÁLIN, Josif. Problemas econômicos do socialismo na URSS. São Paulo: Ed. Anita Garibaldi, 1985.
TOSTA, Octavio. Teorias geoplíticas. Rio de janeiro: Biblioteca do Exército, 1984.
VIZENTINI, Paulo Fagundes. Relações internacionais do Brasil: de Vargas a Lula. São Paulo: Ed. Fundação Perseu Abramo, 2003.
______. As relações internacionais da Ásia e da África. Petrópolis-RJ: Vozes, 2007.

WINN, Peter. A Revolução Chilena. São Paulo: Ed. UNESP, 2010. (Coleção Revoluções do Século 20).


8.2 COMPLEMENTAR
ANDERSON, Perry. O fim da História: de Hegel a Fukuyama. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1992.
______. As origens da pós-modernidade. Riode Janeiro: J. Zahar, 1999.
ANTUNES, Gabriela Honnicke. A geopolítica do capital na questão da dominação mundial dos recursos hídricos e sua influência no Brasil. TCC apresentado ao Departamento de Geografia da UDESC. Florianópolis, 2006.
ACQUAVIVA, Marcus Claúdio. Teoria geral do Estado. 3 ed. Barueri-SP: Manole, 2010.
ANDERSON, Perry. Considerações sobre o Marxismo ocidental. São Paulo: Boitempo Editorial, 2004.
BALTA, Paul. Islã. Porto Alegre: L&M, 2010. (Coleção L&PM POCKET).
BANDEIRA, Luiz Alberto Moniz. A reunificação da Alemanha: do ideal socialista ao socialismo real. São Paulo: Ed. UnB, 2001..
BEER, Max. História do socialismo e das lutas sociais. São Paulo: Expressão Popular, 2006.
BLINKHORN, Martin. Mussolini e a Itália fascista. São Paulo: Paz e Terra, 2009.
BRAUDEL, Fernand. Gramática das civilizações. São Paulo: Martins Fontes, 2004.
CHAUÍ, Marilena. O que é ideologia. São Paulo: Brasiliense, 2008.
COUTINHO, Carlos Nelson. O estruturalismo e a miséria da razão. 2 ed. São Paulo: Expressão Popular, 2010.
EICHENGREEN, Barry. A globalização do capital: uma história do sistema monetário internacional. São Paulo: Ed. 34, 2000.
FERRAZ, João Carlos; CROCCO, Marco: ELIAS, Luiz Antonio. (orgs). Liberalização econômica e desenvolvimento: modelos, políticas e restrições. São Paulo: Futura, 2003.
GROPPO, Luís Antônio. 1968: retratos da revolta estudantil no Brasil e no mundo. Piracicaba-SP: Biscalchin Editor, 2008.
GUIMARÂES, Samuel Pinheiro. Desafios brasileiros na era dos gigantes. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005.
______. Quinhentos anos de periferia: uma contribuição ao estudo da política internacional. 5 ed. Rio de Janeiro: Contraponto, 2007.
HUNTINGTON, Samuel P. O choque de civilizações e a recompensa da ordem mundial. Rio de Janeiro: Objetiva, 1997.
KANDAR, Mira. Planeta Índia: ascensão turbulenta de uma nova potência global. Rio de Janeiro: Agir, 2008.
KONDER, Leandro. A derrota da dialética: a recepção das idéias de marx no Brasil, até o começo dos anos 30. São Paulo: Expressão Popular, 2009.
KRUGMAN, Paul. Desintegração americana: EUA perdem o rumo no século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2006.
LENS, Sidney. A fabricação do império americano - da Revolução ao Vietnã: uma história do imperialismo dos Estados Unidos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.
MAO TSÉ-TUNG. O livro vermelho: citações do comandante Mao Tsé-Tung. São Paulo: Martin Claret., 2002.

MELLO, Pedro C. de; SPOLADOR, Humberto. Crises financeiras: quebras, medos e especulações do mercado – do século XVII à crise do subprime e da zona do Euro. 3 ed. São Paulo: Saint Paul Editora, 2010.


MORAES, João Quartim de. A esquerda militar no Brasil. São Paulo: Expressão Popular, 2005.
NASIRI, Omar. Por dentro do Jihad: uma história de espionagem. Rio de Janeiro: Record, 2007.
NETTO, José Paulo; BRAZ, Marcelo. (orgs). Economia Política: uma introdução crítica. São Paulo: Cortez, 2006.
OLIVEIRA, Amaury Porto de. Formação de uma economia regional no Leste Asiático. Cadernos Geográficos. n. 13. Florianópolis-SC: Depto de Geociências/CFH/UFSC, 2006.
PERICÁS, Luiz Bernardo (org). América Latina: História, idéias e revolução. São Paulo: Xamã, 1998.
PERKINS, John. Confissões de um assassino econômico. São Paulo: Cultrix, 2005.
PERRAULT, Gilles. O livro negro do capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2000.
SANTOS, Everton Rodrigo. Poder e dominação no Brasil: a Escola Superior de Guerra (1974-1989). Porto Alegre: Sulina, 2010.
SCOWEN, Peter. O livro negro dos Estados Unidos. 2 ed. Rio de Janeiro: Record, 2003.
SODRÉ, Nelson Werneck. História Militar do Brasil. 2 ed. São Paulo: Expressão Popular, 2010.



La base de datos está protegida por derechos de autor ©espanito.com 2016
enviar mensaje