Página principal

Programas e bibliografias das provas


Descargar 132.12 Kb.
Página1/4
Fecha de conversión18.07.2016
Tamaño132.12 Kb.
  1   2   3   4
ANEXO 4 DO EDITAL Nº 01/2008 – IGP
PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DAS PROVAS


  1. PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS PARA OS CONCURSOS DE NÍVEL SUPERIOR




    1. PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS


1.1.1. CONCURSOS C.01/08 A C.08/08

  1. Língua Portuguesa (10 questões):

Interpretação de textos. Informações literais e inferências. Estruturação do texto. Coerência e coesão (recursos). Identificação de vozes no texto. Uso de argumentos e ponto de vista do autor.

Vocabulário. Significado contextual de palavras e expressões. Variedades lingüísticas.

Morfologia. Formação e estruturação de palavras. Valores de prefixos, radicais e sufixos. Famílias etimológicas. Classes e categorias gramaticais: identificação no contexto de uso. Principais valores associados aos usos de cada classe, em especial dos tempos e dos modos verbais, dos pronomes e dos artigos.

Sintaxe: Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Pontuação: uso de sinais de pontuação e sua relação com a estruturação sintática e semântica. Transformação e equivalência de estruturas: ordem direta e indireta, discurso direto e indireto, vozes verbais etc. Uso de nexos. Função referencial de pronomes.

Ortografia. Identificação e uso de formas gráficas corretas. Relações entre fonemas e letras.

Bibliografia:

BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2001. revista e ampliada.

CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Aurélio Século XXI: o dicionário da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1999.

HOUAISS, Antônio; VILLAR, Mauro de Salles. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

LUFT, Celso Pedro. Grande manual de ortografia Globo. São Paulo: Globo, 1989.

___. Dicionário Prático de Regência Verbal. São Paulo: Ática, 1996.

___. Dicionário Prático de Regência Nominal. São Paulo: Ática, 1999.



  1. Informática (C.01/08 a C.07/08- 10 questões e C.08/08- 05 questões):

Windows XP: Componentes da Área de Trabalho; Componentes das Janelas; Configuração do Painel de Controle; Área de Transferência; Executando uma Aplicação; Gerenciamento de Arquivos no Windows Explorer; Gerenciamento de Pastas no Windows Explorer; Gerenciamento de Lixeira; Formatação e Cópia de discos; Calculadora; Bloco de Notas; Paint; Utilização da Ajuda; Sistema de Menus; Atalhos e Ícones. Excel 2003: Atalhos e Barra de Ferramentas; Formatação de Dados; Seleção de Células; Fórmulas e Expressões Matemáticas; Referências absolutas e relativas; Intervalos Nomeados; Formatação Condicional; Funções de Usuário; Gerenciamento de Arquivos; Impressão; Vínculos entre planilhas; Proteção e ocultação de células; Gráficos. Word 2003: Atalhos e Barra de Ferramentas; Modos de seleção de texto; Formatação de Fonte; Formatação de Parágrafo; Inserção de símbolos, Figuras, WordArt, Arquivos; Bordas; Marcadores e Numeração; Tabulação; Quebras; Texto em colunas; Tabelas; Modos de visualização; Cabeçalho e rodapé; Numeração de Páginas; Mala direta; Índices; Verificação Ortográfica; Localização e substituição de texto; Impressão; Modelos.

Bibliografia:

BROWN, Carol. Microsoft Office XP - sem mistério. Berkeley Brasil, 2002.


GRASDAL, Martin. Windows XP Professional - curso completo. Alta Books, 2003.
OGLETREE, Terry W. Dominando Microsoft Windows XP. Makron Books, 2002.
FRYE, Curtis. Microsoft Office Excel 2003 – Passo a passo. Bookman, 2006.

MANZANO, André. Estudo Dirigido de Microsoft Office Excel 2003. Érica, 2004.

__________. Estudo Dirigido de Microsoft Office Word 2003. Érica, 2004.

MOAC. Microsoft Official Academic Course. Microsoft Office Word 2003 Básico. ArtMed, 2007.



  1. Língua Inglesa (05 questões):

Leitura, compreensão e interpretação de textos: assunto, idéias principais e secundárias, relações entre idéias; idéia central e intenção comunicativa. Vocabulário: sentido das palavras, termos e/ou expressões idiomáticas no texto, substituição de palavras e expressões no texto. Aspectos gramaticais referentes ao nível intermediário da Língua Inglesa.

Bibliografia:

MURPHY, Raymond. English Grammar in Use. Cambridge University Press, 1992.

Livros textos de ensino da Língua Inglesa. Nível intermediário.


  1. Raciocínio Lógico (C.01/08 a C.07/08 - 05 questões):

Proposições simples e compostas; Álgebra proposicional; Implicação lógica; Equivalência lógica; Propriedades Comutativa, Distributiva e Leis de De Morgan; Tautologia, contradição e contingência; Sentenças abertas; Proposições categóricas; Diagramas lógicos; Afirmação e negação; Lógica de argumentação.


    1. PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DAS PROVAS DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS




      1. CONCURSO C.01/08- PERITO CRIMINAL

  1. Física (05 questões):

Cinemática: deslocamento, tempo, velocidade, aceleração; movimentos retilíneos uniforme e uniformemente variado; movimento de projéteis.

Movimentos e as Leis de Newton. Movimentos de um corpo sob a ação de forças. Composição vetorial de forças que atuam sobre um corpo.

Quantidade de movimento linear e sua conservação. Colisões elásticas e inelásticas.

Ondas mecânicas e eletromagnéticas: velocidade, comprimento de onda, freqüência e período. Ondas sonoras: intensidade, altura e volume do som. Audição. Batimentos. Ótica geométrica: reflexão e refração. Espelhos, lentes, instrumentos óticos. Ótica física: interferência, difração, polarização, efeito Doppler.

Bibliografia:

NUSSENZVEIG, H. Moysés. Curso de Física Básica, 4. ed. São Paulo: Edgard Blücher, 2002.

HALLIDAY, David; RESNICK, Robert; WALKER, Jearl. Fundamentos de Física. 7. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2006.

HALLIDAY, David; RESNICK, Robert; KRANE, Keneth. Física. 5. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2004.

SERWAY, Raymond; JEWETT Jr., John W. Princípios de Física. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

TIPLER, Paul A. Física para Cientistas e Engenheiros. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

YOUNG, Hugh D.; FREEDMAN, Roger A. Sears e Zemansky– Física. 10. ed. São Paulo: Addison Wesley, 2003.


  1. Química (05 questões):

Soluções, solubilidade, formas de expressar a concentração, diluição de soluções.

Reações químicas, ajuste de coeficientes, conceito de mol, massa molar, volume molar, cálculos estequiométricos.



Ligações químicas: modelos de ligações interatômicas: iônica, covalente e metálica. Representação através de fórmulas, polaridade das moléculas e ligações; forças e ligações intermoleculares, propriedades físicas das substâncias iônicas, moleculares, metálicas e covalentes (estado físico, ponto de ebulição, solubilidade, densidade).

Ácidos, bases, sais, dissociação, ionização, nomenclatura, e reações químicas. Conceitos de ácido-base de Arrhenius, Brönsted-Lowry e Lewis.



Compostos orgânicos: identificação; classificação e propriedades das principais funções: hidrocarbonetos, álcoois, fenóis, éteres, aldeídos, cetonas, ácidos carboxílicos, ésteres, aminas, amidas e haletos orgânicos.

Energia térmica em reações químicas: reações endo e exotérmicas, entalpias de formação, de combustão, de neutralização e de ligação.



Cinética Química: velocidade das reações, energia de ativação, fatores que influem na velocidade das reações.

Equilíbrio químico: deslocamento do equilíbrio químico, o princípio de Le Chatelier, equilíbrio iônico da água, pH e pOH, equilíbrio ácido-base.

Reações de oxirredução. Células galvânicas. Eletrólise.



Bibliografia:

ATKINS, P. W. Chemical principles: the quest for insight.


BROWN, T. L. Chemistry: the central science.
SKOOG, D. A. Fundamentals of analytical chemistry.

SOLOMONS, T. W. G. Química Orgânica. 7. ed. Livros Técnicos e Científicos, 2001, v. 1 e 2.


MCMURRY J. Química Orgânica. Livros Técnicos e Científicos, 1997.

ALLINGER, N.L.; CAVA, M.P.; JOHNSON, C.R.; LEBEL, N. A. e STEVENS, C.L. Química Orgânica. Guanabara Dois, 1990.



  1. Biologia ( 05 questões):

Organização dos seres vivos: composição química; estrutura, funcionamento e diversidade das células; divisão celular; diferenciação celular e os tecidos animais e vegetais. Conhecimentos básicos de anatomia humana: sistema nervoso, aparelho digestivo, aparelho locomotor, aparelho circulatório, aparelho respiratório, aparelho urinário e de reprodução, sistema endócrino, órgãos dos sentidos.

Histologia humana: tecido epitelial, tecido conjuntivo, tecido muscular e tecido nervoso.

Genética: conceitos básicos; primeira e segunda lei de Mendel; genética do sistema ABO; fator RH; herança ligada ao sexo; doenças causadas por aberrações cromossômicas.

Bibliografia:

PURVES WK; SADAVA D; ORIANS GH; HELLES HC. Vida. A Ciência da Biologia. Porto Alegre- RS: ArtMed, 2002.

ALBERTS B; JOHNSON A; LEWIS J; RAFF M; ROBERTS K; WALTER P. Biologia Molecular da Célula. Porto Alegre- RS: ArtMed, 2004.

ALBERTS B; BRAY D; JOHNSON A; LEWIS J; RAFF M; ROBERTS K; WALTER P. Fundamentos da Biologia Celular: Uma introdução à biologia molecular da célula. Porto Alegre- RS: ArtMed, 1999.

CARVALHO HF; RECCO-PIMENTEL SM. A Célula 2001. Barueri: Manole, 2001.

COOPER GM. A Célula: Uma abordagem molecular. Porto Alegre- RS: ArtMed, 2001.

JUNQUEIRA LC; CARNEIRO J. Biologia Celular e Molecular. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 2000.

LODISH H; BERK A; MATSUDAIRA P; KAISER C; KRIEGER M; SCOTT MP. Biologia Celular e Molecular. Porto Alegre- RS: ArtMed, 2005.

TORTORA GJ;, GRABOWSKI SR. Corpo humano: fundamentos de anatomia e fisiologia. Porto Alegre- RS: ArtMed, 2007.

NETTER FH. Atlas de anatomia humana. Porto Alegre- RS: ArtMed, 2006.

PUTZ R; PABST R; SOBOTTA. Atlas de anatomia humana. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 2006.

JUNQUEIRA LC; CARNEIRO J. Histologia básica. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 2004.

SOBOTTA J. Histologia: atlas colorido de citologia, histologia e anatomia microscópica humana. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 1999.

YOUNG B; HEATH JW. Wheater histologia funcional: texto e atlas em cores . Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 2001.

HICKMAN CP; ROBERTS LS; LARSON. Princípios integrados de Zoologia. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 2004.

BORGES-OSÓRIO MR; ROBINSON WM. Genética Humana. Porto Alegre- RS: ArtMed, 2001.

GRIFFTHS AJF; MILLER JH; SUZUKI DT; LEWONTIN RC; GELBART WM. Introdução à Genética. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 2006.

LEWIS R. Genética Humana. Guanabara Koogan, 2004.

AIRES MM. Fisiologia. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 1999.

BERNE RM; LEVY MN. Fisiologia. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara-Koogan, 1996.



d) Criminalística (10 questões):

Definição; Histórico; Doutrina. A perícia em face da legislação: Importância da perícia; Responsabilidade do perito; Exigências formais; Requisitos técnicos; Da requisição de perícia; Nova perícia; Isolamento e preservação de local; Prazo para elaboração do exame e do laudo; Fotografias e outros recursos; Principais perícias elencadas no Código de Processo Penal; Outros dispositivos processuais. Locais de crime: Conceituação; Classificação; O Isolamento e guarnecimento do local para fins de exames; Finalidades dos levantamentos dos locais de crime e tipos de levantamentos que são efetuados. A Prova: Presunções, Vestígios e Indícios. Vestígios encontrados em locais de crime: Sangue; Manchas de esperma; Manchas de leite; Manchas de colostro; Líquido amniótico, induto sebáceo, mecônio; Matéria fecal; Saliva; Urina; Vômitos; Outras secreções (bronquial, suor, etc.); Fibras e pêlos; Marcas de pegadas e de pneus; Impressões dentais e labiais; Marcas de ferramentas; Exame de solo (terra). Locais de morte: Conceituação; Morte violenta (homicídio, suicídio, acidente); Local de morte por arma de fogo; Local de morte por instrumentos contundentes, cortantes, perfurantes ou mistos; Morte produzida por queimadura; Morte por eletroplessão e fulminação; Morte provoca por asfixia.



Bibliografia:

DOREA, L.E.C.; STUMVOLL, V.P.E.; QUINTELA, V. Criminalística. 3.ed. Campinas- SP: Millennium, 2005.

TOCCHETTO, D. E.; ESPÍNDULA, A. Criminalística. Porto Alegre, 2005. (dtocchetto@terra.com.br ou www.espindula.com.br)

RABELLO E. Curso de Criminalística. Sagra DC Luzzatto, 1996.

TOCCHETTO, D. (coord). Tratado de Criminalística. Sagra DC Luzzatto, 1955.


  1. Medicina Legal (05 questões):

Documentos médico-legais: atestados, relatórios, pareceres. Traumatologia Forense: agentes mecânicos – instrumentos perfurantes, cortantes, contundentes, perfurocortantes, cortocontundentes e perfurocontundentes. Agentes físicos: calor, eletricidade, frio, pressão. Agentes químicos, agentes físico-químicos, agentes biológicos e agentes mistos. Asfixias mecânicas: por constrição do pescoço – enforcamento, estrangulamento, esganadura; por alteração do estado físico ambiental, afogamento, soterramento e outras sufocações direta e indireta, asfixia por monóxido de carbono. Sexologia Forense: erotologia – crimes sexuais, perversões sexuais, obstetrícia forense – fecundação, anticoncepção, gravidez, parto e puerpério, abortamento, infanticídio. Embriaguez: perícia, fases da embriaguez e tipos e graus da embriaguez e aspectos médico-legais. Tanatologia: conceito de morte, tanatologia e fenômenos cadavéricos.

Bibliografia:

BENFICA, F.S. e VAZ, M. Medicina Legal. Livraria do Advogado, 2008.

FRANÇA, G.V. Medicina Legal. 8.ed. Guanabara Koogan, 2008.

HÉRCULES, H. C. Medicina Legal. Texto e Atlas.




      1. CONCURSO C.02/08- PERITO CRIMINAL- ÁREA ENGENHARIA MECÂNICA

  1. Criminalística (05 questões):

Definição; Histórico; Doutrina. A perícia em face da legislação: Importância da perícia; Responsabilidade do perito; Exigências formais; Requisitos técnicos; Da requisição de perícia; Nova perícia; Isolamento e preservação de local; Prazo para elaboração do exame e do laudo; Fotografias e outros recursos; Principais perícias elencadas no Código de Processo Penal; Outros dispositivos processuais. Locais de crime: Conceituação; Classificação; O Isolamento e guarnecimento do local para fins de exames; Finalidades dos levantamentos dos locais de crime e tipos de levantamentos que são efetuados. A Prova: Presunções, Vestígios e Indícios. Vestígios encontrados em locais de crime: Sangue; Manchas de esperma; Manchas de leite; Manchas de colostro; Líquido amniótico, induto sebáceo, mecônio; Matéria fecal; Saliva; Urina; Vômitos; Outras secreções (bronquial, suor, etc.); Fibras e pêlos; Marcas de pegadas e de pneus; Impressões dentais e labiais; Marcas de ferramentas; Exame de solo (terra). Locais de morte: Conceituação; Morte violenta (homicídio, suicídio, acidente); Local de morte por arma de fogo; Local de morte por instrumentos contundentes, cortantes, perfurantes ou mistos; Morte produzida por queimadura; Morte por eletroplessão e fulminação; Morte provoca por asfixia.

Bibliografia:

DOREA, L.E.C.; STUMVOLL, V.P.E.; QUINTELA, V. Criminalística. 3.ed. Campinas- SP: Millennium, 2005.

TOCCHETTO, D. E.; ESPÍNDULA, A. Criminalística. Porto Alegre, 2005. (dtocchetto@terra.com.br ou www.espindula.com.br)

RABELLO E. Curso de Criminalística. Sagra DC Luzzatto, 1996.

TOCCHETTO, D. (coord). Tratado de Criminalística. Sagra DC Luzzatto, 1955.


  1. Medicina Legal (05 questões):

Documentos médico-legais: atestados, relatórios, pareceres. Traumatologia Forense: agentes mecânicos – instrumentos perfurantes, cortantes, contundentes, perfurocortantes, cortocontundentes e perfurocontundentes. Agentes físicos: calor, eletricidade, frio, pressão. Agentes químicos, agentes físico-químicos, agentes biológicos e agentes mistos. Asfixias mecânicas: por constrição do pescoço – enforcamento, estrangulamento, esganadura; por alteração do estado físico ambiental, afogamento, soterramento e outras sufocações direta e indireta, asfixia por monóxido de carbono. Sexologia Forense: erotologia – crimes sexuais, perversões sexuais, obstetrícia forense – fecundação, anticoncepção, gravidez, parto e puerpério, abortamento, infanticídio. Embriaguez: perícia, fases da embriaguez e tipos e graus da embriaguez e aspectos médico-legais. Tanatologia: conceito de morte, tanatologia e fenômenos cadavéricos.

Bibliografia:

BENFICA, F.S. e VAZ, M. Medicina Legal. Livraria do Advogado, 2008.

FRANÇA, G.V. Medicina Legal. 8.ed. Guanabara Koogan, 2008.

HÉRCULES, H. C. Medicina Legal. Texto e Atlas.



  1. Conhecimentos específicos da área (20 questões):

Estática e Dinâmica

Mecânica dos Sólidos (antiga Resistência dos Materiais)

Mecânica da Fratura

Sistemas e componentes Mecânicos

Ensaios Mecânicos (destrutivos e não destrutivos)

Soldagem e técnicas Conexas

Instrumentação de Medições Mecânicas

Vasos de Pressão

Vibrações e Acústica

Sistemas e Componentes Automotivos

Ciência dos Materiais.

Medições mecânicas. Instrumentos de medida e de controle: temperatura, pressão, nível, vazão, força, rotações. Métodos de medição e de aferição de aparelhos. Automação da medição. Noções básicas. Conversores analógico/digital e digital/analógico. Redução de ruídos. Interface digital. GPIB. Comunicação serial. Contadores. Análise de dados.

Transferência de calor e massa. Condução unidimensional e bidimensional em regime permanente. Condução transiente. Convecção externa, interna e livre. Radiação térmica. Troca radiativa entre superfícies.

Canalizações. Escoamentos. Bombas. Atrito. Dimensionamento. Obstruções em dutos.

Soldagem. Análise de estruturas soldadas. Descontinuidades. Distorções e tensões residuais.

Mecânica dos sólidos. Solicitações internas. Tensões e deformações. Esforço axial. Torção. Flexão. Cisalhamento em vigas. Solicitações compostas. Análise e transformação de tensões e de deformações. Métodos clássicos de análise de vigas. Critérios de falha. Coeficiente de segurança.

Análise estrutural. Equações gerais da elasticidade. Princípio dos trabalhos virtuais complementar, princípio da mínima energia potencial total, princípio da mínima energia potencial total complementar. Método de Ritz.

Análise de falhas. Causas das falhas. Estágios da análise. Ensaios não destrutivos e mecânicos. preparação da superfície da fratura e exames macro e microscópicos. Seleção de seções e exames metalográficos. Identificação do tipo de falha, análise química, aplicação da mecânica da fratura. Testes sob condições simuladas de serviço. Determinação da causa da falha.

Mecânica da fratura e fadiga. Mecânica linear de fratura, Critério de Griffith, Critério de Irwin, determinação do fator de intensidade de tensões. Mecânica da fratura elasto-plástica. Modelo de Irwin, modelo de Dregdale, critério do COD, método da integral J. Fadiga. Método clássico, curva S-N, critério de Miner, estudos no domínio do tempo e freqüência. Regra de Paris.

Ensaios mecânicos. Ensaio de tração/compressão. Ensaios relacionados à estrutura frágil: ensaio de impacto, ensaio de tração por impacto, ensaio de retenção de trinca. Ensaios de dureza. Ensaios de toleramento e flexão.



Bibliografia:

BEER, Ferdinand P. Mecânica Vetorial para Engenheiros– Cinemática e Dinâmica. Makron Books.

___________.Mecânica Vetorial para Engenheiros – Estática. Makron Books.

BEER, Ferdinand P.; JOHNSTON, E. RUSSELL, Jr.; DEWOLF, John T. Resistência dos Materiais. 4. ed. McGraw- Hill.

SHIGLEY, J. E; MISHKE, C. R. Projeto de Engenharia Mecânica. Bookman, 2005.



ASKELAND, Donald R. Ciência e Engenharia dos Materiais. Cengage Learning, 2008.

SOUZA, Sergio Augusto. Ensaios Mecânicos de Materiais Metálicos. Edgard Blucher.

WAINER, E.; BRANDI, S.D., MELLO, F.D. Soldagem - Processos e Metalurgia. Edgard Blucher, 1995.

FIALHO, Arivelto Bustamente, Instrumentação Industrial - Conceitos, Aplicações e Análises. Érica.

TELLES, Pedro Carlos da Silva. Vasos de Pressão. LTC.

FRANCA, Luis Novaes Ferreira; SOTELO JR., José. Introdução as Vibrações Mecânicas. Edgard Blucher, 2006.

BOHN, Mark S.; Kreith, Frank. Princípios de Transferência de Calor. Thomson Pioneira.

TELLES, Pedro Carlos da Silva. Tubulações Industriais - Materiais Projetos e Montagem. LTC.


      1. CONCURSO C.03/08- PERITO CRIMINAL- ÁREA PSICOLOGIA

  1. Criminalística (05 questões):

Definição; Histórico; Doutrina. A perícia em face da legislação: Importância da perícia; Responsabilidade do perito; Exigências formais; Requisitos técnicos; Da requisição de perícia; Nova perícia; Isolamento e preservação de local; Prazo para elaboração do exame e do laudo; Fotografias e outros recursos; Principais perícias elencadas no Código de Processo Penal; Outros dispositivos processuais. Locais de crime: Conceituação; Classificação; O Isolamento e guarnecimento do local para fins de exames; Finalidades dos levantamentos dos locais de crime e tipos de levantamentos que são efetuados. A Prova: Presunções, Vestígios e Indícios. Vestígios encontrados em locais de crime: Sangue; Manchas de esperma; Manchas de leite; Manchas de colostro; Líquido amniótico, induto sebáceo, mecônio; Matéria fecal; Saliva; Urina; Vômitos; Outras secreções (bronquial, suor, etc.); Fibras e pêlos; Marcas de pegadas e de pneus; Impressões dentais e labiais; Marcas de ferramentas; Exame de solo (terra). Locais de morte: Conceituação; Morte violenta (homicídio, suicídio, acidente); Local de morte por arma de fogo; Local de morte por instrumentos contundentes, cortantes, perfurantes ou mistos; Morte produzida por queimadura; Morte por eletroplessão e fulminação; Morte provoca por asfixia.

Bibliografia:

DOREA, L.E.C.; STUMVOLL, V.P.E.; QUINTELA, V. Criminalística. 3.ed. Campinas- SP: Millennium, 2005.

TOCCHETTO, D. E.; ESPÍNDULA, A. Criminalística. Porto Alegre, 2005. (dtocchetto@terra.com.br ou www.espindula.com.br)

RABELLO E. Curso de Criminalística. Sagra DC Luzzatto, 1996.

TOCCHETTO, D. (coord). Tratado de Criminalística. Sagra DC Luzzatto, 1955.

  1   2   3   4


La base de datos está protegida por derechos de autor ©espanito.com 2016
enviar mensaje