Página principal

Aladi/sec/Estudo 180. 1 21 de diciembre de 2007


Descargar 1.99 Mb.
Página7/30
Fecha de conversión18.07.2016
Tamaño1.99 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   30

CARGA DE PRODUÇÃO

INT / Prod. - Quantidade de produtos por unidade de tempo, exigida em um processo em um determinado momento.

Es: Carga de producción.

En: Production load.

CARGA EM TRÂNSITO INTERNACIONAL

EXT / Prepcar / Movim. - Conjunto de mercadorias que, estando destinadas a um determinado porto, aeroporto ou terminal terrestre, são descarregadas em outro, para serem re-expedidas por igual ou por outro meio e modal de transporte, até seu destino final.

Es: Carga en tránsito internacional.

En: Cargo in international transit.
CARGA FRÁGIL

EXT / Prepcar / Movim. - É aquela que, por sua estrutura frágil ou delicada requer um manejo muito cuidadoso, desde sua preparação (envases, embalagens, marcações) até sua movimentação e transporte.

Es: Carga frágil.

En: Fragile cargo.
CARGA GERAL

EXT / Prepcar / Movim. - Conjunto de mercadorias composto por bens diversos, isto é, de diferentes pesos, tamanhos, natureza, tipo e classe, embalados de diferentes formas. Pode ser solta ou unitizada.

Es: Carga general.

En: General cargo.
CARGA MORTA

EXT / Prepcar / Movim. – Quantia paga por uma pessoa que arrenda um navio completo, mas falha em conseguir toda a carga prevista. O pagamento é feito também pela capacidade não ocupada do navio.

Es: Carga muerta.

En: Dead load.
CARGA PARCIAL

EXT / Prepcar / Movim. - Conjunto de mercadorias que, acomodadas para sua mobilização em um veículo de transporte, não ocupa totalmente o espaço do mesmo, destinado a tais efeitos.

Es: Carga parcial.

En: Partial load.
CARGA PERIGOSA

EXT / Prepcar / Movim. - Ver: PRODUTOS PERIGOSOS.

Es: Carga peligrosa.

En: Dangerous cargo; hazardous cargo.
CARGA PERECÍVEL

EXT / Prepcar / Movim. - É a carga, principalmente de produtos alimenticios, que sofre uma degradação normal em suas caraterísticas físicas, químicas e microbiológicas, pelo passar do tempo e condições do meio ambiente. Por isso, necessita ser preservada e ter sua temperatura controlada, para manter suas caraterísticas originais de sabor, odor, cor, etc., durante a mobilização entre o produtor e o consumidor.

Es: Carga perecedera.

En: Perishable cargo.

CARGA POR EIXO

EXT / Prepcar / Movim. - É a carga máxima que os eixos de um caminhão suportam, determinada pelo fabricante e pelas autoridades competentes. Este limite de peso a ser suportado por cada eixo deve responder aos limites suportáveis pelos pneus.

Es: Carga por eje.

En: Axle load.
CARGA SOLTA

EXT / Prepcar / Movim. - Volumes soltos e individuais, manipulados e embarcados como unidades separadas e geralmente do tipo saco, pacote, caixa ou tambor.

Es: Carga suelta.

En: Loose cargo.
CARGA UNITIZADA

EXT / Prepcar / Movim. - Carga preparada para sua movimentação, utilizando um sistema baseado no máximo agrupamento possível, seja em pallets ou contêineres e similares.

Es: Carga unitarizada.

En: Unitized cargo.
CARICOM (En)

COM / Org. - Sigla de: “Caribbean Community”.Ver: COMUNIDADE do CARIBE.
CARNÊ “ATA”

COM / Aduana. - Sigla das palavras francesas e inglesas "Admission Temporaire/Temporary Admission", que se refere ao documento alfandegário internacional criado no marco da Convenção de Istambul, utilizado no lugar dos documentos alfandegários nacionais, em garantia dos direitos e impostos de importação, para cobrir a admissão temporária de mercadorias, bem como o trânsito das mesmas por países diferentes dos de origem e destino no âmbito da União Européia. Os carnês ATA são expedidos pelas Câmaras Nacionais de Comércio, filiadas à Câmara Internacional de Comércio (CIC), com sede em Paris. Essas asociações garantem o pagamento de direitos às autoridades alfandegárias locais, caso os bens importados ao amparo de um carnê expedido no exterior não sejam re-exportados. O Carnê ATA não pode ser utilizado para a admissão temporária de meios de transporte. No que se refere às infrações ou irregularidades cometidas no decorrer de uma operação de transporte efetuada com um carnê ATA em um determinado Estado membro, considerar-se-á que tal Estado é competente para impor qualquer possível ônus ou sanção. Cuando não se possa determinar o territorio onde se tenha cometido a infração ou irregularidade, considerar-se-á que a mesma foi cometida no Estado membro onde tenha sido detectada, a menos que se possa provar o contrário. Todas as comprovações feitas pelas autoridades competentes dos diferentes Estados membros, no marco da aplicação do presente regulamento, terão a mesma força probatória. Quando necessário, as autoridades dos Estados membros comunicarão mutuamente qualquer informação relativa ao transporte com TIR ou ATA, bem como todas as infrações ou irregularidades detectadas.

Es: Carnet ATA.

En: ATA carnet.
CARNÊ TIF

COM / Aduana. - Documento alfandegário que acompanha a mercadoria depositada em vagões lacrados, regido pelo Convênio de Transporte Internacional por Ferrovia (TIF). Este documento é objeto de um acordo alfandegário firmado em Genebra em 1952, com o objetivo de normatizar o trânsito aduaneiro internacional de carga transportada en vagões lacrados. Esses vagões, possuindo o Carnê TIF, podem atravessar em seu trajeto alfândegas intermediárias de diferentes países, sem que tenham que passar pelas correspondentes inspeções alfandegárias, salvo aquelas pelas que terão que passar no país expedidor e no país destinatário.

Es: Carnê TIF.

En: TIF carnet.
CARNÊ “TIR”

COM / Aduana. - Abreviatura de “Transport International Routier” (Fr). Documento internacional utilizado en 56 países do mundo para efetuar operações de trânsito aduaneiro de mercadorias. É utilizado quando o transporte é feito sem descarga de mercadoria, desde uma alfândega de saída a outra de destino, com a condição de que uma parte do trajeto seja efetivada por rodovia. Este regime permite que o transporte se inicie e termine entre países-partes do Convênio TIR, sempre que parte do trajeto se faça através do território de um terceiro país. Este documento em princípio teve como alvo o transporte rodoviário, mas com o desenvolvimento do transporte intermodal, extendeu-se, em primeiro lugar, ao modal ferroviário (TIF) e depois aos modais aqüaviário e aéreo, desde que estes últimos participem de uma operação de transporte combinado com os modais rodoviário ou ferroviário.

Es: Carnet TIR



En: TIR carnet.
CARRO-MOTOR

EXT / Ferro. - Veículo ferroviário auto-propulsado utilizado para mover os vagões ferroviários. Sin.: Equipamento de Tração

Es: Equipo tractivo.

En: Pull-Push equipment.
CARRO-REBOQUE

EXT / Ferro. - Veículo ferroviário sem tração própria, para transporte de pessoas ou carga. Sin.: Equipamento de arrasto.

Es: Equipo de arrastre.

En: Pull equipment.
CARTA AERONÁUTICA

EXT / Aero. - Representação de uma porção da terra, seu relevo e construções, desenhados especialmente para satisfazer os requisitos da navegação aérea.

Es: Carta aeronáutica.

En: Aeronautical chart.
CARTA DE CRÉDITO

COM / Financ. - Documento que respalda o convênio de crédito documental, um instrumento de pagamento internacional que garante o cumprimento dos termos contratuais de compra e venda, pela intervenção do Banco como terceiro na relação comercial e pela utilização de meios documentais de comprovação. Ver: CRÉDITO DOCUMENTAL.

Es: Carta de crédito.

En: Letter of credit (L/C).
CARTA DE GARANTIA

1. COM / Movim. - Documento emitido pelo exportador e/ou embarcador de carga em favor do transportador, eximindo-o de responsabilidade por qualquer reclamação do consignatário relativamente ao estado da carga, quando aquele, o transportador, objeta as condições dos volumes a ser transportados. Quando não conta com essa garantia, o transportador está autorizado a não incluir a legenda "Clean on Board" no Conhecimento e fazer constar nele as objeções que considere necessárias.

2. COM / Financ. - Documento geralmente emitido por um banco, que garante o cumprimento de uma obrigação, sendo as mais comuns o pagamento de uma quantia ou o exercício de uma opção.



3. COM / Seg. - Documento que entregue pela seguradora como atestado de que um risco está coberto até que se emita a apólice definitiva. É um documento de caráter provisório. Na área de resseguros, é sinônimo de carta de cobertura.

Es: Carta de garantía.

En: Back letter. Letter of indemnity.
CARTA DE PRONTIDÃO

EXT / Aquav. - Ver: NOTÍCIA DE PRONTIDÃO
CARTA NÁUTICA

EXT / Aquav. - Mapa destinado à navegação, o qual mostra a representação de uma bacia marítima ou um oceano, con indicação de todos os detalhes necessários e úteis ao navegante.

Es: Carta náutica.

En: Admiralty chart. Marine chart.
COMPRIMENTO DO NAVIO

EXT / Aquav. - Comprimento total de um navio.

Es: Eslora.

En: Boat length.
CONHECIMENTO

EXT / Movim. - Documento emitido pela empresa de transporte para o embarcador, como recibo da recepção da mercadoria que será transportada. Além disso, este documento prova a existência de um contrato de transporte entre o operador que realiza o transporte da carga e o dono da mesma ou o intermediário que atua em nome deste. Sin. Conhecimento de embarque. Ver: CONHECIMENTO DE EMBARQUE AÉREO; CONHECIMENTO DE EMBARQUE MARÍTIMO.

Es: Carta de porte.

En: Consignment note.
CONHECIMENTO AÉREO

EXT / Aero. - Documento que prova a existência de um contrato de transporte pelo modal aéreo. Ver: CONHECIMENTO DE EMBARQUE AÉREO.

Es: Carta de Porte Aéreo.

En: Airway Bill.
CONHECIMENTO FERROVIARIO

EXT / Ferro. - Documento que prova a existência de um contrato de transporte por ferrovia.

Es: Carta de Porte Ferroviario.

En: Railroad Bill of Lading.
CONHECIMENTO RODOVIÁRIO

EXT / Rodo. - Documento que prova a existência de um contrato de transporte por rodovia.

Es: Carta de Porte Carretero.

En: Trucking Bill of Lading. Ground Bill of Lading.
C.A.S.A.

COM/Org. - Ver: COMUNIDADE SUL-AMERICANA DE NAÇÕES.
CASCO

EXT / Aquav. - Corpo propriamente dito de uma embarcação, isto é, sem máquinas, armadura e apetrechos.

Es: Casco.

En: Hull.
CASCO DUPLO, Navios de

EXT / Aquav. // AMB / Melhor. - Navios que possuem uma barreira dupla de separação ao longo de todo o comprimento do navio de carga, entre os tanques de carga (ex. tanques de petróleo) e o mar, diferentemente dos tipos mais antigos de um só casco (monocasco). Esta estrutura sofre menos danos, evitando assim derramamentos de produtos contaminantes em acidentes de colisão ou embarrancamentos. A estrutura é similar à dos navios monocasco, mas com maior número de tanques de lastro, o que pode provocar problemas de corrosão com o tempo.

Es: Doble casco.

En: Double hull.
CATÁLOGO ELETRÔNICO

COM / Teletics. - Serviço de alimentação de um banco de dados com operacionalidade compartilhada entre os participantes de uma cadeia de abastecimento. Seu objetivo é permitir a automatização do intercâmbio de informações.

Es: Catálogo electrónico.

En: Data cod.
CATEGORIA DE AERONAVE

EXT / Aero. - Classificação de aeronaves de acordo com caraterísticas básicas específicas, como por exemplo: avião, helicóptero, planador e dirigível.

Es: Categoria de aeronave.

En: Aircraft category.
CATENÁRIA

EXT / Ferro. - Cabo pelo qual circula a energia usada pelos trens elétricos.

Es: Catenaria.

En: Overhead power cable.
CAUÇÃO

COM / DirCom. - Obrigação que se contrai para assegurar o cumprimento de outra obrigação, própria ou alheia (fiança, hipoteca, etc.). Depósito de títulos ou valores em favor de um credor, em garantia do cumprimento de uma obrigação assumida pelo depositante ou outra pessoa.

Es: Caución.

En: Guarantee.
CAVALO MECÂNICO

EXT / Rodo. - Veículo automotor, de dois ou três eixos, equipado para arrastar reboques ou semi-reboques, destinados ao transporte de carga. Classificam-se de acordo com seu peso bruto combinado.

Veículo articulado: Veículo automotor, formado por um cavalo mecânico e um semi-reboque acoplados por mecanismos de articulação, destinado ao transporte de carga.

Bitrem articulado: Veículo automotor, formado por um cavalo mecânico, um semi-reboque e um reboque acoplados por mecanismos de articulação, destinado ao transporte de carga. Sin.: Caminhão-trator.

Es: Tractocamión.

En: Truck-tractor.
C.B.D. (En)

COM / Financ. - Abreviatura de: “Cash before Delivery”. Ver: PAGAMENTO ANTES DA ENTREGA.
C.B.R. (En)

EXT/ Movim. - Abreviatura de: “Commodity Box Rate”.

Es: Tarifa o flete por mercadería específica.

Pt: Tarifa ou frete por mercadoria específica.
C.C.A.

COM / Aduana. - Sigla de: “Conselho de Cooperação Aduaneira” (Ver).
C.C.I.

COM / Org. - Sigla de: Câmara de Comércio Internacional” (Ver)
C.C.P.

COM / DirCom. - Abreviatura de: “Classificação Central de Produtos” (Ver)
C.C.T. (En)

COM / Aduana. - Abreviatura de: “Common Customs Tariff”. Ver: TARIFA EXTERNA COMUM.
C.C.V.I.

COM / DirCom. - Abreviatura de: Contrato de Compra e Venda Internacional (Ver).
C.D. (En)

COM / Financ. - Abreviatura de: “Certificate of Deposit. Ver: CERTIFICADO DE DEPÓSITO.
C.E.

COM / Org. - Sigla de: “Comunidade Européia” (Ver)
C.E. (En)

EXT / Prepcar. - Abreviatura de: “Container Yard”. Ver: PÁTIO DE CONTÊINERES.
CECA

COM / Org. - Sigla de: “Comunidade Européia do Carvão e do Aço” (Ver).
CEEAO

COM / Org. - Sigla de: “Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental” (Ver).
CEI

COM / Org. - Sigla de: Comunidade de Estados Independentes (Ver)
CEMLA

COM / Org. - Sigla de: Centro de Estudos Monetários Latino-americanos (Ver)


CENSA (En)

COM / Org. - Sigla de: “Council of European and Japanese National Shipowners AssociationVer: CONSELHO DA ASSOCIAÇÃO DE ARMADORES NACIONAIS JAPONESES E EUROPEUS.
CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO

EXT / Movim. - Local intermediário da cadeia de distribuição onde são despachadas as mercadorias, depois de armazenadas por um curto espaço de tempo.

Es: Centro de Distribución.

En: Distribution Center.
CENTRO DE ESTUDOS MONETÁRIOS LATINO-AMERICANOS (CEMLA)

COM / Org. - O CEMLA foi criado em 1952, na III Reunião de Técnicos de Bancos Centrais do Continente Americano, com o propósito de promover uma melhor compreensão das matérias monetárias e bancárias na América Latina e Caribe. Além disso, se ocupa em informar e capacitar recursos humanos dos bancos centrais e realizar pesquisas. Website: http://www.cemla.org/

Es: Centro de Estudios Monetarios Latinoamericanos.

En: Center for Latin American Monetary Studies.
CENTRO DE LOGÍSTICA URBANA

EXT / Movim. – Infra-estrutura destinada à distribuição urbana de mercadorias, ou seja, estrutura que concentra os fluxos de cargas urbanas, para otimizar itinerários e entregas dentro do perímetro urbano de uma cidade.

Es: Centro de logística urbana.

En: City logistics center.

CENTRO DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS

EXT / Movim. - Organização pública ou privada que, dotada de instrumentos e tecnologias informáticas e telemáticas de rede, satisfaz as exigências logístico-informáticas e de formação de uma comunidade, uma empresa, um distrito ou uma área geográfica.

Es: Centro de Servicios Logísticos



En: Logistics service center.
CENTRO INTEGRADO DE MERCADORIAS (CIM)

EXT / Movim. – Infra-estrutura de onde partem ou para onde convergem ações com vistas a otimizar as operações de transporte de mercadorias e evitar o trânsito de veículos de grande porte dentro do perímetro urbano de uma cidade. Geralmente está localizado na periferia dos centros urbanos e têm fácil acesso à rede de auto-estradas ou rodovias.

Es: Centro Integrado de Mercancías.

En: Merchandises integrated center.
C.E.P.

INT / Abast. - Abreviatura de: “Quantidade econômica de pedido”. Ver: LOTE ECONÔMICO DE PEDIDO (LEO)
CEPAL

COM / Org. - Sigla de: “Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe” (Ver)
CEPE

COM / Org. – Sigla de: “Comissão Econômica para a Europa, da Organização das Nações Unidas”(Ver).
CERTIFICADO DA ALFÂNDEGA

COM / Aduana. - Documento que atesta a entrada de uma mercadoria em um determinado recinto alfandegário.

Es: Certificado de aduana.

En: Custom certificate.
CERTIFICADO DE AERONAVEGABILIDADE

EXT / Aero. - Documento público de caráter técnico, pelo qual a autoridade aeronáutica competente ou estrangeira, atesta que, na data de sua outorga, a aeronave respaldada pelo referido certificado está apta para utilização nas condições associadas à sua categoria.

Es: Certificado de aeronavegabilidad.

En: Aircraft navigability certificate.
CERTIFICADO DE ANÁLISE

EXT / Prepcar. - Documento que certifica que a natureza, composição, grau, etc., da mercadoria, corresponde à qualidade controlada.

Es: Certificado de Análisis.

En: Certificate of Analysis.
CERTIFICADO DE ARMAZÉM

INT / Armaz. - Documento expedido por um armazém a seu cliente, para fazer constar o contrato de armazenagem, guarda ou conservação, manejo, controle, distribuição ou comercialização de bens ou mercadorias, o qual lhe outorga um poder jurídico sobre o bem: a propriedade. Junto com o certificado de depósito pode-se expedir o Termo de Garantia ou warrant, título de valor que concede somente um direito sobre a mercadoria. Nenhum certificado de depósito poderá ser endossado a favor do armazém que o expediu, nem de seus administradores, funcionários e empregados.

Es: Certificado del almacén.

En: Warehouse certificate.

CERTIFICADO DE DENOMINAÇÃO DE ORIGEM CONTROLADA (DOC)

COM / Aduana. - Certificado estabelecido de acordo com as regras prescritas por uma autoridade ou organismo autorizado, certificando que as mercadorias ali descritas estão de acordo com as condições previstas para merecer uma denominação de origem, própria de uma determinada região (por exemplo, vinhos de Champagne, vinhos do Porto, queijo Parmesão, etc.)

Es: Certificado de denominación regional.

En: Origin denomination certificate.
CERTIFICADO DE INSPEÇÃO

EXT / Prepcar. - Documento que indica que as mercadorias foram examinadas e encontradas conforme o mencionado em um contrato ou uma fatura pro-forma. Este certificado é emitido por empresas especializadas. Em geral se inspeciona 10% da carga.

Es: Certificado de inspección.

En: Inspection certificate.
CERTIFICADO DE OPERADOR DE SERVIÇOS AÉREOS

EXT / Aero. - Documento com o qual se autoriza uma empresa aérea a realizar determinadas operações de transporte aéreo comercial.

Es: Certificado de Operador de Servicios Aéreos.

En: Air Operator Certificate.
CERTIFICADO DE ORIGEM

COM / Aduana. - Formulário específico pelo qual a autoridade ou organismo autorizado para concedê-lo, certifica expressamente que as mercadorias às quais se refiere o certificado são originárias de um determinado país. Este certificado pode incluir ainda uma declaração do fabricante, produtor, fornecedor, exportador ou de outra pessoa competente.

Es: Certificado de Origen.

En: Certificate of Origin.
CERTIFICADO DE PESO

EXT / Prepcar. - Documento onde consta o peso da mercadoria, volume por volume.

Es: Certificado de peso.

En: Weight Certificate.
CERTIFICADO IOPP -(International Oil Pollution Prevention- (En)

AMB /DocAmb // EXT / Aquav. - Certificado internacional da Organização Marítima Internacional (OMI) para a Prevenção da Contaminação por Hidrocarbonetos, no qual consta que o navio foi inspecionado de acordo com as normas do MARPOL 73/78. Ver: MARPOL 73/78.

Es: Certificado IOPP.

En: IOPP Certificate.
CES

COM / Org. - Sigla de: “Conselho Econômico e Social” (Ver).
CESAP

COM / Org. – Sigla de: “Comissão Econômica Ásia-Pacífico” (Ver)
CESSÃO

COM / DirCom. – Renúncia de algo, sua posse, ação ou direito, em favor de outra pessoa.

Es: Cesión.

En: Assignment.

CESSIONÁRIO

COM / DirCom. - Pessoa física ou jurídica que recebe uma cessão feita em seu favor.

Es: Cesionario.

En: Assignee.
CFR / C&F (En)

COM / DirCom. - Abreviatura de: “Cost and Freight”. (INCOTERM Serie C). Ver: CUSTO E FRETE
CHEGADA AO MERCADO

COM / EcoCom. - Tempo que um produto leva para chegar ao mercado. Dá-se maior importância a se chegar primeiro ao mercado, do que à economia na fase de produção. Sin.: Tempo até o mercado.

Es: Llegada al mercado.

En: Time to market.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   30


La base de datos está protegida por derechos de autor ©espanito.com 2016
enviar mensaje