Página principal

Aladi/sec/Estudo 180. 1 21 de diciembre de 2007


Descargar 1.99 Mb.
Página5/30
Fecha de conversión18.07.2016
Tamaño1.99 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   30

B



B2B (En)

COM / Teletics. – Ver: BUSINESS TO BUSINESS.
B2C (En)

COM / Teletics. - Ver: BUSINESS TO CONSUMER.
B2E (En)

COM / Teletics. - Ver: BUSINESS TO EMPLOYEE.
B.A.C.O. (En)

EXT / Aquav. - Abreviatura de: “Barge Container Carrier. Ver: NAVIO PORTA-CONTÊINER
BAIXAR

1. COM / Aduana. – Operação que consiste em retirar fisicamente a carga do meio de transporte, para efeitos estritamente aduaneiros.

Es: Descargar.

En: Unload.

2. COM / Teletics. - Ação informática pela qual um arquivo que não reside na máquina de um usuário passa para ela, mediante uma transferência de outro computador que a abriga, através de uma rede. A duração do processo variará em função do tamanho do arquivo, da velocidade de envio da máquina que o abriga e da velocidad de carregamento da que o recebe.

Es: Descargar.

En: Download.
BALANÇA CAMBIAL

COM / EcoCom. - Registro das entradas e evasões de divisas efetuadas através da autoridade pertinente e dos intermediários do mercado cambial, derivados de operações de câmbio internacional. Instrumento para a tomada de decisões em matéria cambial pela autoridade competente e uma das fontes utilizadas para a elaboração da Balança de Pagamentos.

Es: Balanza cambiaria.

En: Foreign Exchange Balance.
BALANÇA COMERCIAL

COM / EcoCom. - Registro sistemático de todas as importações e exportações de bens e serviços realizadas em um país em um determinado período. Seu resultado se expressa em déficit (maior quantidade de importações) ou superávit (maior quantidade de exportações). É a parte da balança de pagamentos que contempla as relações comerciais.

Es: Balanza Comercial.

En: Commercial balance.
BALANÇA DE PAGAMENTOS

COM / EcoCom. - Registro contável sistemático de todas as transações econômicas, pagamentos e operações de financiamento efetuadas entre os residentes de um país e os do resto do mundo, durante um lapso determinado. Seu resultado se expressa em crédito (recebe um pagamento do exterior) ou em débitos (deve pagar ao exterior). As transações econômicas incluídas são as operações de bens e serviços e renda entre uma economia e o resto do mundo; os movimentos de ativos e passivos financeiros dessa economia com o resto do mundo; os traspasos de propriedad e outras variações de oro monetario; os direitos especiais de giro (DEG); e as transferencias unilaterais.

Es: Balanza de Pagos.

En: Balance of Paements.
BALANÇA DE SERVIÇOS

COM / EcoCom. - Registro sistemático do total de pagamentos realizados pelos serviços dos residentes de um país aos do exterior e dos que estes, por sua vez, prestaram efetivamente. Essas entradas e saídas também denominam-se importações e exportações de serviços.

Es: Balanza de servicios.

En: Services Balance
BALANCED SCORECARD (BSC)

INT / Admin. - Sistema de gestão estratégica apresentado em 1992 por Robert Kaplan e David P. Norton, que vai mais além da perspectiva financeira pela qual os gerentes costumam avaliar o andamento de uma empresa. Este sistema permite traduzir a visão da organização através da apresentação de sua estratégia para difusão a todos os níveis da organização, coordenar os objetivos de cada nível e estabelecer um sistema de avaliação da conquista de tais objetivos. Segundo o livro “The Balanced ScoreCard: Translating Strategy into Action”, (Harvard Business School Press, Boston, 1996): “o BSC é uma ferramenta revolucionária para mobilizar pessoas em direção ao pleno cumprimento da missão, através da canalização das energias, habilidades e conhecimentos específicos das pessoas na organização em busca do atingimento de metas estratégicas de longo prazo. O BSC permite administrar a organização por 4 perspectivas: a) do cliente (Customer – Como nos vêem os clientes?); b) Interna do Negócio (Internal Business – Em quê devemos nos sobressair?); c) Inovação e Aprendizagem (Innovation and Learning –Podemos continuar melhorando e agregando valor?) e d) Financeira (Financial) –Como estamos aos olhos dos acionistas?). O BSC propõe uma melhora no desempenho das diferentes atividades de uma empresa, basendo-se em resultados mensuráveis, seguindo o conceito de Peter Drucker: “Tudo o que se pode medir, se pode melhorar. “ Sin.: Quadro de Mando Integral

Es: Cuadro de Mando Integral (CMI).

En: Balanced scorecard (BSC)
BALANÇO ENTRE OPERAÇÕES

INT / Prod. - Em produção repetitiva “just in time”, é o conjunto de medidas pelas quais se faz coincidir os tempos de ciclo da produção real com a demanda de peças, tal qual se requer na montagem final.

Es: Balance entre operaciones.

En: Balancing operations.
BALIZA

EXT / Aquav. / Aero. - Placa fixa ou flutuante empregada para indicar as margens e os eixos dos canais navegáveis ou das pistas de aterrissagem, os perigos, os pontos de ancoragem (barcos) e outras informações de interesse para o capitão do barco ou da aeronave.

Es: Baliza.

En: Beacon. Buoy.
BALSA

EXT / Aquav. - Embarcação de baixo calado utilizada em rios, lagos e canais para transportar veículos e pessoas.

Es: Balsa.

En: Raft.
BANCO ACEITANTE

COM / Financ. - Similar ao banco pagador, mas neste caso aceita um título a vencer em vez de pagar ou comprometer-se ao pagamento.

Es: Banco aceptador.

En: Accepting bank.

BANCO CONFIRMADOR

COM / Financ. - Banco que garante o pagamento por parte do banco emissor. É utilizado quando as garantias oferecidas pelo banco emissor não são consideradas suficientes. Costuma ser o banco notificador.

Es: Banco confirmador.

En: Confirming bank.
BANCO EMISSOR

COM / Financ. - Banco escolhido pelo comprador/importador. Prepara e realiza a abertura do crédito. Paga o crédito uma vez cumpridas as condições exigidas pelo mesmo. É o banco do comprador/importador.

Es: Banco Emisor.

En: Issuing bank.
BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO (BID)

COM / Financ. - Esta entidade financeira internacional foi criada em 1959 como uma institução de desenvolvimento, con mandatos e ferramientas novos para a época. Seus programas de empréstimos e de cooperação técnica para projetos de desenvolvimento econômico e social foram mais além do mero financiamento, como era de costume então. Os programas e instrumentos do BID foram tão efetivos, que a instituição converteu-se em modelo para a criação de todas as outras instituições multilaterais de desenvolvimento em nível regional e sub-regional. Atualmente, o BID é o maior de todos os bancos regionais de desenvolvimento do mundo e constitui-se na principal fonte de financiamento multilateral para os projetos de desenvolvimento econômico, social e institucional, e os de comércio e integração regional, América Latina e Caribe. Website: http://www.iadb.org/

Es: Banco Interamericano de Desarrollo (BID).

En: Inter-American Development Bank (IADB)
BANCO INTERNACIONAL DE RECONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO (BIRD)

COM / Financ. - O BIRF é uma institução pertencente ao Banco Mundial, que tem o objetivo de conceder empréstimos e assistência para o desenvolvimento a países de orçamento médio e aos países mais pobres com capacidade de pagamento. O número de votos dos membros está vinculado a seus aportes de capital, que por sua vez se baseiam na capacidade econômica relativa de cada país. O BIRF não é uma organização que aumenta al máximo seus ganhos, mas tem recebido uma receita líquida a cada ano desde 1948.

Es: Banco Internacional para la Reconstrucción y Fomento (BIRF).

En: International Bank for Reconstrution and Development (IBRD).
BANCO MUNDIAL (BM)

COM / Financ. - O Banco Mundial foi criado no ano de 1948 e está formado por cinco instituições: o Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento; a Corporação Financeira Internacional; a Associação Internacional de Fomento; o Centro Internacional de Ajuste de Diferenças relativas a Investimentos e o Organismo Multilateral de Garantia de Investimentos. O principal objetivo deste conjunto de instituições é reduzir a pobreza no mundo por meio do fortalecimento das economias dos países pobres, pela promoção do crescimento econômico e do desenvolvimento. O Banco Mundial é regido pela Junta de Governantes, que é composta por todos os Estados Membros, enquanto que a Junta de Diretores Executivos, presidida pelo Presidente do Banco, leva a cabo as operações gerais. Conta com 11.000 funcionários, com um orçamento anual que alcança 1,4 bilhões de dólares, em média. Website: www.bancomundial.org e www.worldbank.org

Es: Banco Mundial.

En: World Bank.

BANCO NEGOCIADOR

COM / Financ. - Banco que compra (desconta) um título do vendedor/exportador. Ainda que o pagamento seja a posteriori, o vendedor/exportador cobra à vista (com ou sem juros).

Es: Banco negociador.

En: Negotiating bank.
BANCO NOTIFICADOR

COM / Financ. - É o banco correspondente do banco emissor no país do vendedor/exportador. Somente adquire o compromisso de avisar ou notificar o beneficiário da abertura do crédito.

Es: Banco avisador.

En: Notifying bank.
BANCO PAGADOR

COM / Financ. - Geralmente é um banco no país do vendedor/exportador, que recebe o mandato do banco emissor para pagar ou comprometer-se a pagar contra a apresentação da documentação exigida.

Es: Banco pagador.

En: Paying bank.
BANDA

EXT / Aquav. - Costado do barco. Cada uma das metades de um barco contadas a partir do plano vertical que passa pelo centro da quihla na direção proa-popa (banda de bombordo e de estibordo ou de barlavento e sotavento).

Es: Banda.

En: Side.
BANDA DE FREQÜÊNCIAS

COM / Teletics. - Porção do espetro radioelétrico que contém um conjunto de freqüências determinadas, destinadas a um determinado tipo de comunicação Existem bandas para o governo, bandas para operadoras de telefonia de longa distância e bandas para uso comercial - links de microondas privados e corporativos. O termo também define a amplitude dos canais de comunicação nas redes.

Es: Banda de frecuencias.

En: Frequency band.
BANDEIRAS DE CONVENIÊNCIA

EXT / Aquav. - Conhecidas internacionalmente por suas siglas FOC´s (Flags of Convenience), são embarcações registradas em países com fortes isenções tributárias (os chamados “paraísos fiscais”) para reduzir os custos de registro, manutenção, impostos, condições contratuais de sua tripulação, requisitos de segurança etc. Existem três grupos de registros abertos: um primeiro grupo de países (Panamá, Libéria e Vanuatu) nos quais se produz uma ausência total de titularidade nacional em sua frota; um segundo grupo (Chipre, Bahamas e Malta) com um percentual muito escasso de tonelagem de titularidade nacional, e um terceiro grupo, que compreende países nos quais o registro está especificamente concebido como um «segundo registro» para reter ou voltar a atrair tonelagem externa de pavilhão estrangeiro. Neste último grupo, o percentual que os cidadãos nacionais detêm na frota é muito elevado, caso do Registro Internacional da Noruega (NIS) e do Registro Internacional da Dinamarca (DIS). Estes «segundos registros» não costumam excluir os titulares estrangeiros, embora isso seja exceção do que regra. Esta prática de exportação de navios a outras bandeiras, mas sem perder o controle econômico da atividade do navio, é conhecida no setor marítimo como “flagging out”. A necessidade de que exista um nexo verdadeiro entre o proprietário de um navio e o pavilhão por ele hasteado se encontra estabelecida na Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar. Apesar disso, se permite que os navios com bandeira de conveniência se eximam dessa responsabilidade. Sin. Registros abertos ou de livre matrícula; bandeiras baratas, de refúgio ou de complacência.

Es: Banderas de conveniencia. Registro abierto. Libre matrícula.

En: Flag of convenience (FOC).
BARCAÇA

EXT / Aquav. - 1. Embarcação que se acopla a outras para ser rebocada, na navegação fluvial. 2. - Embarcação de baixo calado, com ou sem propulsão, utilizada para o transporte de produtos e granéis. Sin. Batelão, Chata.

Es: Barcaza, Gabarra.

En: Lighter. Barge.
BARCO

EXT / Aquav. - Construção côncava de madeira, ferro ou outro material, relativamente pequena, capaz de flutuar na água (devido à sua forma e ao princípio de Arquimedes) e que serve de meio de transporte no mar, em lagos e em rios. Sin. Bote.

Es: Barco.

En: Boat
BAR CODE (En)

EXT / Prepcar. - Ver: CÓDIGO DE BARRAS.
BARLAVENTO

EXT / Aquav. - Parte de onde vem o vento, em relação a um ponto determinado.

Es: Barlovento.

En: Windward
BARREIRA COMERCIAL

COM / EcoCom. - Mecanismo utilizado pelos países para reduzir a importação de bens ou serviços do exterior.

Es: Barrera comercial.

En: Commercial Barrier.
BARREIRA TÉCNICA AO COMERCIO

COM / DirCom. - Restrições desnecessárias derivadas de medidas de normatização. A existência de normas e regulamentos técnicos diferentes em diversos mercados nacionais, somada ao custo dos testes e da certificação do cumprimento de tais requisitos, pode representar entre 2% e 10% dos custos gerais de produção. As medidas de normatização são três: os regulamentos técnicos; as normas técnicas e os procedimentos para a avaliação de conformidade, para determinar que sejam cumpridas as prescrições pertinentes dos regulamentos técnicos ou normas.

Es: Obstáculo Técnico al Comercio

En: Technical Barrier to Trade
BARRIL

EXT / Prepcar. - Contêiner cilíndrico abaulado que possui duas tampas planas de igual diâmetro e que é fabricado de madeira, plástico ou metal. Sin: Barrica.

Es: Barril.

En: Barrel (barril de madeira) / Drum (barril metálico).
BASC (En)

COM / Org. - Sigla de “Business Alliance for Secure Commerce”. Ver: ORGANIZAÇÃO MUNDIAL BASC.
BASES TÉCNICAS

COM / Seg. - Conjunto de condições que, em um contrato de seguro, estabelecem o que se há de pagar à seguradora. Compreende as seguintes partes: (A) informação genérica do risco: destina-se a cobrir possíveis desvios desfavoráveis de sinistros esperados. (B) encargos de administração: dão cobertura aos gastos de administração, manutenção e aquisição do negócio. (C) encargos para benefícios ou excedente: sua função é aumentar a liquidez da empresa e satisfazer os recursos financeiros. (D) sistema de cálculo de prêmios: é um sistema que combina as bases estatísticas e financeiras.

Es: Bases técnicas.

En: Technical Bases.
b.d.l. (s) (En)

EXT / Prepcar. - Abreviatura de “bundle”. Ver: FARDO.
BEM

INT / Admin. - Toda coisa com valor econômico que pertence a uma pessoa ou empresa. Os bens “corpóreos” são os perceptíveis pelos sentidos e se dividem em móveis ou imóveis. Existem também “bens” incorpóreos com valor econômico, que pertencem a pessoas, ou bens que são fruto de um serviço (recomendações de uma consultoria, um software, etc.)

Es: Bien.

En: Property.
BEM DEPRECIÁVEL

INT / Admin. - Todo aquele bem que, ao produzir renda, se desgasta. Tal desgaste ou esgotamento é suscetível a valorizar-se em termos monetários e por tempo determinado.

Es: Bien depreciable.

En: Depreciable Property.
BEM ECONÔMICO

COM / EcoCom. - Objeto ou coisa que se considera apto(a) para a satisfação de uma necessidade humana e que se encontra disponível para esse propósito em quantidades limitadas.

Es: Bien económico.

En: Economic property.
BEM-ESTAR SOCIAL

COM / EcoCom. - Nível alcançado de satisfação das necessidades básicas fundamentais da sociedade. Em termos econômicos, mede-se em função do aumento do produto per capita real; ou aumento na participação do gasto social relativo ao total de despesas, melhora na distribuição da receita e no nível de emprego e fortalecimento da balança de pagamentos. Em termos sociais, mede-se em função do aumento nos níveis de saúde, educação, moradia, alimentação e erradicação da pobreza extrema.

Es: Bienestar social.

En: Social wellbeing.
BEM EXCLUÍVEL

INT / Admin. - Objeto ou coisa cujo consumo e/ou utilização uma pessoa pode prescindir.

Es: Bien excluible.

En: Excluding property.
BEM LIVRE

COM / EcoCom. - Objeto ou coisa cujo consumo e/ou utilização não requer nacionalizações nem pagamento de um preço.

Es: Bien libre

En: Cost-free property.
BEM PÚBLICO

COM / EcoCom. - Objeto ou coisa que se reparte de maneira indivisível entre toda a comunidade, independentemente de que determinadas pessoas desejem ou não consumi-lo e/ou utiliza-lo.

Es: Bien público.

En: Public property.

BEM RIVAL

COM / EcoCom. - Objeto ou coisa cujo consumo por parte de uma pessoa reduz o consumo de outro.

Es: Bien Rival.

En: Rival property.
BENCHMARKING (En)

INT / Admin. - Termo que faz referência a “um proceso de medição contínuo e sistemático, que mede e compara continuamente os processos empresariais de uma organização, em comparação com os processos das empresas e instituições líderes de qualquer lugar do mundo (sempre e quando exista uma compatibilidade entre as empresas que realizam tal estudo) para obter informação que ajude a organização a desenvolver ações que melhorem sua performance”. O Benchmarking não é algo novo, já que uma das estratégias empresariais clássicas para sobreviver no mercado é observar e assimilar aquilo que descubra em seu redor que lhe permita melhorar sua própria organização.

Sem tradução.
BENEFICIÁRIO

1. - COM / Financ. - Pessoa a favor da qual emite-se um crédito e que pode exigir o pagamento ao banco emissor ou ao pagador, uma vez que cumpriu as condições estipuladas para o crédito. É o caso do vendedor/exportador.

Es: Beneficiario.

En: Payee.

2. - COM / Seg. - Pessoa física ou jurídica que recebe os benefícios da apólice contratada, isto é, que recebe a indenização. Pode ser uma pessoa diferente do segurado.

Es: Beneficiario.

En: Beneficiary.
BENELUX (En)

COM /Org. - Sigla de “Belgium, the Netherlands, and Luxembourg”, grupo econômico integrado por Bélgica, Holanda e Luxemburgo. Website: http://www.bmb-bbm.org/

Sem tradução.
BERTH TERMS (BT) (En)

EXT / Aquav. - Ver: TERMOS DE LÍNHA.
BIC (Fr)

EXT / Interm. - Sigla de: “Bureau Internacional des Conteiners et du Transport Intermodal”. Ver: BUREAU INTERNACIONAL DE CONTÊINERES E DE TRANSPORTE MULTIMODAL.
BID

COM /Org. - Sigla de: Banco Interamericano de Desenvolvimento. (Ver)
BIELA

EXT / Movim. - Barra que, nas máquinas, transforma um movimento de vaivém em outro de rotação, ou vice-versa.

Es: Biela.

En: Piston rod.
BIG BAG (En)

EXT / Prepcar. - Tipo de embalagem ou contêiner flexível apto para acondicionamento, transporte ou armazenagem de carga a granel e geral solta. En geral, o big-bag é um saco plástico entre 50 e 100 litros.

Es: Bolsón; saco big bag.

Pt: Saco big-bag ou embalagem de resgate.

BILL OF LADING (B/L) (En)

EXT / Aquav. - Ver: CONHECIMENTO DE EMBARQUE.
BIMCO (En)

EXT / Aquav. - Sigla de: “Baltic and International Maritime Council”. Ver: CONSELHO MARÍTIMO INTERNACIONAL E DO BÁLTICO.
BIRD

COM / Financ. - Sigla de: “Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento”. (Ver).
BITÁCULA

EXT / Aquav. - Armário ou caixa de madeira ou latão, geralmente de forma cilíndrica, localizada na coberta de um navio em frente à roda ou à barra do timão, onde fica localizada a bússola náutica.

Es: Bitácora.

En: Binnacle.
BITOLA

EXT / Ferro. - (América Latina) A bitola ou a largura de uma via férrea é a distância entre as faces internas dos trilhos, medida um centímetro abaixo do plano de rodagem em linha reta. Existem 11 (onze) larguras de via que são usadas como padrão no mundo. Em alguns países pode coexistir mais de uma:

762 mm - Usada na Áustria, Bósnia-Herzegovina, Eslováquia, Índia, Polônia, República Tcheca, Romênia e Sri Lanka.

914 mm - Usada no Canadá (Whitepass and Yukon Railroad, w:en:White Pass and Yukon Route, [1]), Colômbia, E.U.A., El Salvador, Guatemala e Peru.

1.000 mm (bitola métrica) - Usada no leste de África, Alemanha, Argentina, sudeste da Ásia, Bangladesh, Birmânia, Bolívia, Brasil, Chile, Espanha, Grécia, Índia, Iraque, Paquistão, Portugal, Suíça e Vietnã.

1.067 mm - Usada na Austrália, Equador, Gana, Indonésia, Japão, Nigéria, Nova Zelândia, África do Sul, Sudão e Canadá (até setembro de 1988, w:en:Newfoundland Railway).

1.435 mm (largura de via normal) - Usada no norte da África, Alasca, Argentina, Austrália, Canadá, China, Coréia do Norte, Coréia do Sul, E.U.A., em grande parte da Europa, Irã, Iraque, Israel, Japão (Shinkansen), México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

1.524 mm - Usada na Finlândia e no Panamá.

1.520 mm - Usada na Mongólia, Rússia e em todos os países da antiga União Soviética.

1.600 mm - Usada na Austrália, Brasil e Irlanda.

1.665 mm - Usada em Portugal.

1.668 mm - Usada na Espanha.

1.676 mm - Usada na Argentina, Bangladesh, Chile, Índia, Paquistão e Sri Lanka.

Podem existir outras de diferentes medidas, mas as mencionadas são as mais comuns.



Es: Largura de vía.

En: Track gauge.
BITREM

EXT / Rodo. - Também chamados novos "cruzadores" do transporte rodoviário, compõem-se de um cavalo mecânico e dois ou mais reboques (o recorde em quantidade de semi-reboques arrastados por um caminhão deu-se na Austrália, onde foi montado um bitrem de 1,442 metros de comprimento, composto por 104 semi-reboques). Este sistema começou a desenvolver-se nos Estados Unidos e Austrália, com tanto sucesso, que atualmente é utilizado na maioria dos países, para transportar toda a produção agrícola, industrial, mineral e florestal aos portos de exportação. Sin. Rodotrem.

Es: Bitren, tren de carretera.

En: Road train.


B.K.O. (En)

EXT / Movim. - Abreviatura de: “Booking office”. Ver: GUICHÊ DE EXPEDIÇÃO DE CARGA E ENCOMENDAS ou DE VENDA DE PASSAGENS.
B/L (En)

EXT / Aquav. - Abreviatura de: “Bill of Lading”. Ver: CONHECIMENTO DE EMBARQUE.
Bl. (En)

EXT / Prepcar. - Abreviatura de: “Barrel”. Ver: BARRIL.
BOA FÉ

COM / DirCom. - Principio básico de Direito Comercial, caraterístico dos contratos, que obriga às partes atuar entre si com máxima honestidade. É definido também como a "qualidade jurídica da conduta legalmente exigida de atuar no processo com probidade, com o sincero convencimento de encontrar-se revestido de razão". Busca impedir atuações abusivas.

Es: Buena fe.

En: Good faith.
BÓIA

EXT / Aquav. - Objeto flutuante ancorado em determinado lugar para sinalizar acidentes geográficos, ou o canal de acesso aos portos e zonas de difícil navegação. Podem ser luminosas ou cegas.

Es: Boya.

En: Buoy.
BONIFICAÇÃO FISCAL

COM / Econ/Com. - Bônus ou certificados de crédito, outorgados pela autoridade fiscal de um país a seus produtores / exportadores, a título de incentivos fiscais.

Es: Bonificação fiscal.

En: Fiscal Bonus.
BORDO LIVRE

EXT / Aquav. - Distância vertical, medida no costado do navio e no centro de seu comprimento, compreendida entre a linha de flutuação e a linha da coberta principal (coberta principal é a coberta corrida mais alta com meios permanentes de fechamento). Desta medida depende a segurança do navio no mar. Quanto maior o bordo livre, maior a altura da coberta sobre a água, portanto, maior a segurança.

Es: Francobordo.

En: Freeboard.
BOTIJÃO

EXT / Prepcar. - 1. Vasilhame de vidro, louça, plástico, etc., de boca estreita, corpo largo e de bastante capacidade, que é usado para o transporte de certos líquidos. 2. Vasilhame metálico muito resistente, de forma cilíndrica ou campanada e fechamento hermético. Serve para conter gases sob pressão e líquidos que, por serem muito voláteis, geram grande pressão caso se impeça a saída do vapor. 3. Recipiente de metal cilíndrico e de pouca altura, no qual se guardan faixas de gaze e algodão, geralmente esterilizados. Sin. Bobina, Garrafa.

Es: Bombona

En: Cylinder.
BUREAU INTERNACIONAL DE CONTÊINERES E DE TRANSPORTE MULTIMODAL

COM / Org. - ONG especializada no estudo e discussão de todos os problemas relacionados com a expansão do sistema de contêineres e do transporte multimodal. Sua sede permanente localiza-se na cidade de Paris.

Es: Oficina Internacional de Contenedores y del Transporte Multmodal.

En: International Container Bureau (BIC).
BUSINESS TO BUSINESS (B2B) (En)

COM / Teletics. – Termo que faz referência ao comércio eletrônico entre empresas. Não inclui o consumidor final.

Es: De empresa a empresa.

Pt: De negócio para negócio.
BUSINESS TO CONSUMER (B2C) (En)

COM / Teletics. - Termo que faz referência ao comércio eletrônico entre empresas e consumidores.

Es: De empresa a consumidor.

Pt: De negócio para ou consumidor; negócio-a-consumidor.
BUSINESS TO EMPLOYEE (B2E) (En)

COM / Teletics. - Relação comercial estabelecida entre uma empresa e seus próprios empregados. Por exemplo, uma companhia aérea pode oferecer pacotes turísticos a seus empregados através de sua própria intranet e além de saus ofertas pode incluir as de companhias aéreas associadas.

Es: Empresa a Empleado

Pt: De negócio para empregado; negócio-a-empregado.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   30


La base de datos está protegida por derechos de autor ©espanito.com 2016
enviar mensaje